As 5 marcas de cerveja mais valiosas do mundo



A nova atualização do Ranking da Millward Brown, divulgou as 5 marcas de cerveja mais valiosas do mundo. O Ranking  conta com três marcas da AB Inbev e traz também a mexicana Corona, cobiçada pela belga-brasileira.
 
Valendo 8,368 bilhões de dólares, a marca Bud Light figura no topo do ranking elaborado pela Millward Brown, que traz as cervejas mais valiosas do mundo em 2012.
Em 2011, a marca ocupava o segundo lugar, atrás da Budweiser, também da AB InBev. De lá pra cá, teve uma valorização de 17%, tomando a primeira posição.
Nos Estados Unidos, a marca possui grande apelo principalmente por ser patrocinadora oficial da NFL, a Liga Nacional de Futebol Americano. Uma das ações bacanas da marca no ano passado foi o lançamento de uma edição limitada, com um rótulo que trazia uma espécie de "raspadinha" e permitia que os consumidores escrevessem nele com objetos metálicos. Além disso, a Bud lançou o Ice Cold Index, um app que mostrava o desconto que os consumidores receberiam na compra da cerveja em bares e pubs, de acordo com a temperatura do dia. Quanto maior fosse a temperatura, maior era o desconto.


Assim como a Bud Light subiu, a Budweiser, da AB InBev, caiu 15% do ranking do ano passado para cá, ocupando agora a segunda posição. A marca vale 7,514 bilhões de dólares.
Importante lembrar que foi no ano passado o lançamento da Budweiser no mercado brasileiro. A cerveja entrou com uma plataforma musical forte, patrocinando diversos shows e festivais musicais. Nos esportes, também atua agressivamente, com destaque para o patrocínio ao UFC.

Mesmo apresentando uma queda de 8% em seu valor de marca do ano passado para este, a Heineken se manteve na terceira posição no ranking da Millward Brown, com um valor de 6,058 bilhões de dólares. A marca investiu fortemente na China, apostando no segmento premium. Daqui para frente, espera que um grande crescimento venha de mercados como o Brasil e o México, de acordo com a Millward Brown.


Valendo 5,114 bilhões de dólares, a cerveja Corona, do Grupo Modelo, do México, aparece na quarta posição no ranking. Do ano passado para cá, a marca teve uma queda de 6% em seu valor. Mesmo assim, manteve-se na quarta posição. Com uma valor de mercado de US$ 23 bilhões, o Grupo Modelo é hoje a maior cervejaria do México, e está a um passo de ser comprado pela Anheuser-Busch InBev por US$ 10 bilhões. O grupo belga-brasileiro confirmou hoje o interesse em adquirir os 50% restantes da cervejaria - atualmente a AB InBev detém 50% do grupo, porém, não controla a empresa.


Quinta entre as cinco mais valiosas, a brasileira Skol está valendo 4,698 bilhões de dólares, e cresceu 3% do ranking do ano passado para este. A marca tem uma forte atuação em plataformas digitais. No início deste ano, por exemplo, lançou no Facebook uma promoção pela qual seus fãs poderiam ter fotos estampadas em uma embalagem especial da cerveja. Além disso, criou um ovo especial para a Páscoa deste ano, feito com cerveja. O doce ganhou o apelido de "Redondinho" e teve grande apelo popular, principalmente no Facebook, onde a ação foi lançada.


Fonte: Exame

Nenhum comentário:

Postar um comentário