Degustação da Cerveja: Weihenstephaner Vitus



Provamos a Weihenstephaner Vitus, uma cerveja produzida pela cervejaria mais antiga do mundo.   
A Weihenstephaner Vitus é uma Weizenbock (elaborada com malte de trigo e cevada), que passa por uma  maturação extra nas Adegas do Monastério e  faz desta Weizenbock uma cerveja realmente especial, com corpo e equilíbrio. Uma curiosidade legal é que o nome vitus é uma homenagem a São Vito conhecido no Brasil também como São Guido.

No WBA(World Beer Awards) de 2011 a Vitus recebeu o prêmio The World's Best Beer(a melhor cerveja do mundo) além disso, ela arrematou os seguintes prêmios The Europe's Best Strong Wheat, The World's Best Wheat BeerThe World's Best Wheat Beer Strong.


Weihenstephaner Vitus


Estilo: German Weizenbock –  7,7%
Copo:  Weiss
Temperatura: 8°-  12°C




O que achamos: A Vitus nos surpreende já na aparência, pois normalmente as Weizenbock tendem a ser “marrons” e neste caso ela puxa bem mais para o dourado. No copo apresenta-se turva como normalmente são as Weiss, com uma um creme bege de denso e de boa duração.

No Aroma, notas de banana, cravo e pão, com mais destaque para o cravo.  O sabor acompanha o aroma, novamente percebemos banana, cravo e  fermento. Sentimos ainda alguma picância e algo que lembra tutti-fruti. O álcool está muito bem inserido e traz uma sensação quente ao final. Cerveja de textura cremosa e  de ótima drinkability.

Melhor cerveja do mundo? Na nossa humilde opinião não. Acho que havia muita expectativa em prová-la, sem dúvida é uma excelente cerveja, mas não é nenhuma"iguaria". Me lembrou bastante uma Weiss tradicional que mais complexa e com o álcool mais presente. É uma cerveja para ser apreciada sem pressa. Boa opção para os dias mais frios.

Harmonização:
  Acompanha bem  queijos azuis, presunto cru, brownie, banana flambada e torta de frutas.

Onde encontrar e valores:
Em Fortaleza, você poderá encontrá-la na rede Pão de Açúcar entre R$ 15,00 e R$17,00. Na Internet no Beer On Line por R$ 10,36.

Nenhum comentário:

Postar um comentário